Design Orientado a Objetos: Princípios e Padrões (1a Ed)

Realizarei nos dias 24/09/2016 e 01/10/2016, o treinamento “Design Orientado a Objetos: Princípios e Padrões”, com um enfoque mais aprofundado em POO, discutindo diversos princípios e padrões, de forma a utilizar a POO de forma mais efetiva e com maior qualidade.

O treinamento será PRESENCIAL, aqui em Campo Grande/MS. Mais informações, vocês encontram na página do mesmo: http://eventick.com.br/oopp/

São apenas 9 vagas! Agradeço a quem puder divulgar!

Para quaisquer informações que não estejam na página, como, por ex, realização in-company, entrem em contato: falecom@robsoncastilho.com.br

Anúncios

Princípios SOLID: Princípio da Inversão de Dependência (DIP)

Olá, galera

Chegamos, enfim, ao último post da série sobre os cinco princípios SOLID, o qual abordará o Princípio da Inversão de Dependência (Dependency Inversion Principle), ou simplesmente DIP.

O DIP é base para um bom design orientado a objetos e extremamente importante para o projeto de uma arquitetura de software flexível e focada no domínio.

Então vamos ao que interessa. Continue lendo »

Princípios SOLID: Princípio da Segregação de Interface (ISP)

Olá, galera

Continuando a série sobre os princípios SOLID, chegamos ao quarto princípio, conhecido por Princípio da Segregação de Interface (Interface Segregation Principle), ou simplesmente ISP.

Se você está chegando agora, lembro que os princípios SOLID são boas práticas de OO que ajudam a melhorar o design de nossas classes, removendo design smells e, por consequência, tornando o software mais fácil de ser mantido. Recomendo também a leitura dos posts anteriores sobre [SRP], [OCP] e [LSP].

Vamos então ao ISP. Continue lendo »

Princípios SOLID: Princípio de Substituição de Liskov (LSP)

Olá, povo!

De volta aos princípios SOLID com o terceiro princípio do acrônimo: o Princípio de Substituição de Liskov (Liskov Substitution Principle), ou simplesmente LSP. Recomendo que leiam os 2 posts anteriores da série <aqui> e <aqui>, principalmente o post sobre o OCP, que está diretamente relacionado a este.

Vamos lá então!

DEFINIÇÃO

O Princípio de Substituição de Liskov leva esse nome por ter sido criado por Barbara Liskov, em 1988 (você pensou que algum “liskov” seria substituído é?).

Sua definição mais usada diz que:

“Classes derivadas devem poder ser substituídas por suas classes base”

Que é uma forma mais simples de explicar a definição formal de Liskov:

“Se para cada objeto o1 do tipo S há um objeto o2 do tipo T de forma que, para todos os programas P definidos em termos de T, o comportamento de P é inalterado quando o1 é substituído por o2 então S é um subtipo de T”

Continue lendo »

Princípios SOLID: Princípio do Aberto/Fechado (OCP)

Fala, galera

Voltando à série sobre os princípios SOLID iniciada <aqui>, vamos desta vez com o princípio Open-Closed Principle (Princípio do Aberto/Fechado), ou simplesmente, OCP.

O OCP é mais um daqueles princípios de orientação a objetos que nos ajudam a eliminar design smells, possibilitando que nosso código ganhe em facilidade de manutenção e extensão.

DEFINIÇÃO

“Entidades de software (classes, módulos, funções, etc.) devem ser abertas para extensão mas fechadas para modificação.” Continue lendo »