Testando código legado: o adendo!

Este post é um complemento ao post anterior “Testando código legado”. Portanto, recomendo a leitura daquele antes de seguir adiante (sugiro que o mantenha aberto).

Lido? Vamos, então, discutir melhor a solução apresentada.

REVISANDO A SOLUÇÃO

Primeiramente, vamos entender melhor o que estamos tentando testar na classe “RelatorioDeDespesas”, utilizada como exemplo. Continue lendo »

Anúncios

Como testar que o método disparou a exceção com a mensagem correta? [Dica Rápida]

Olá, pessoal

Essa é uma dica rápida para testarmos se a mensagem retornada em uma exceção é de fato a mensagem desejada.

A forma mais popular de testarmos se uma exceção foi disparada é usarmos um assertion method específico para isso, como o exemplo com NUnit:

// fixture setup...

var ex = Assert.Throws<MyException>(() => sut.DoSomething());
Assert.AreEqual("invalid operation", ex.Message);

Continue lendo »

Workshop: TDD e testes de unidade de forma profissional

Pessoal,

Acabo de publicar a página para inscrições para meu workshop: “TDD e testes de unidade de forma profissional”. Venha aprender os principais conceitos sobre testes de unidade e TDD com alguém que realmente tem experiência prática no assunto. (Obs.: workshop PRESENCIAL, a ser realizado em Campo Grande/MS.)

Corre lá que são apenas 8 vagas! Para mais informações, clique na imagem abaixo:

arte_topo_paginaVejo vocês lá!

Deixando seus testes mais legíveis e robustos

É muito comum, ao iniciar com a escrita de testes automatizados, não tomarmos certas precauções, fazendo com que a leitura e a manutenção dos mesmos se tornem um pesadelo. Acabamos vendo testes falhando (sequer compilando) devido a modificações na base de código de produção que não tem nenhuma relação com a regra coberta pelo teste quebrado. Isso acaba deixando a manutenção dos testes extremamente chata e trabalhosa.

Neste artigo, trago algumas dicas úteis para que possamos construir e manter uma suíte de testes de forma mais “saudável”. Embora o foco esteja em testes de unidade, a ideia central pode ser usada em testes integrados também.

Vamos lá! Continue lendo »