Livro: Test-Driven Development By Example

Blz, pessoal

TDD By Example Meio sumido mas retorno neste post para um breve resenha deste livro que terminei de ler: Test-Driven Development By Example, do Kent Beck.

Este livro, escrito em 2002, é hoje uma das referências no assunto e apresenta a técnica de uma forma bem prática, mostrando 3 exemplos e uma série de técnicas e padrões muito úteis para melhor aplicação do TDD.

O livro está dividido em três partes. Na parte 1 – The Money Example – ele mostra um exemplo prático de um modelo que trabalhe com multi-moedas, ou seja, que seja capaz, por exemplo, de somar cinco dólares com dez francos e retornar o total em dólares.

Sempre começando pelos testes, o autor cria classes Dolar e Franco, implementa métodos de soma e multiplicação e assim por diante. E, é claro, ao longo de todo o livro ele vai explicando a técnica, o ciclo red-green-refactor, como fazer o teste passar (green) o mais rápido possível, etc.

Na parte 2 – The xUnit Example  – mais um exemplo. Desta vez, ele fala sobre framework de teste no padrão xUnit. Mais do que isso, ele explica a arquitetura xUnit, escrevendo um framework de teste usando TDD. Isso mesmo, TDD para construir um framework de teste!

——————–
Nota: o exemplo da parte 2 do livro utiliza a linguagem Python, mas nada que vá prejudicar o entendimento do conteúdo. De quebra, você ainda conhece a linguagem 🙂 . Os demais exemplos utilizam Java e, portanto, é automático para quem trabalha com C#, bastando substituir o framework de teste jUnit pelo seu preferido para .Net.
——————–

A parte 3 – Patterns for Test-Driven Development – é a mais teórica. Ela mostra os padrões “greatest hits” (como é dito no livro) adotados no TDD. Ao longo da parte 3, são mostradas técnicas, sempre na base do pergunta-resposta, ou seja, cada tópico ele começa por uma pergunta (“como faço tal coisa?”) e o tópico dá a solução ou dica. Também nesta parte, são mostrados vários padrões de projeto e técnicas de refactoring.

No Apêndice 2 do livro, como um brinde, é mostrado mais um exemplo prático: a sequencia de Fibonacci.

Concluindo, posso dizer que este é um ótimo livro para quem quer ingressar no desenvolvimento orientado a testes. É um livro pequeno (cerca de 220 páginas), de fácil leitura e com um contéudo muito bom.

Com os exemplos do livro, você terá uma boa base para começar a praticar. Com o exemplo da parte 2, você terá uma base para entender como funciona um framework de testes e a parte 3 é um verdadeiro manual de boas práticas de TDD, feito para ser lido diversas vezes.

Vale lembrar que o livro é de TDD e não de testes unitários!! TDD não é teste de unidade. No contexto do TDD, o teste de unidade é apenas um MEIO e não o FIM. O fim é chegar a um bom design, a um “código limpo que funciona”. Se você procura um bom de livro de testes de unidade em .Net, recomendo o “The Art Of Unit Testing” do Roy Osherove.

Nos próximos posts estarei falando mais sobre TDD. Aguardem.

Até!

Anúncios

Participe! Vamos trocar uma ideia sobre desenvolvimento de software!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s