Livro: The Agile Samurai

The Agile SamuraiQuerendo saber mais sobre agilidade? Ontem terminei de ler o livro “The Agile Samurai”, e resolvi compartilhar com vocês o conteúdo do mesmo e o que achei a respeito.

Escrito por Jonathan Rasmusson, desenvolvedor de software, agile coach e participante ativo da comunidade ágil há mais de 1 década, “The Agile Samurai” é um livro pequeno (pouco mais de 250 páginas), de fácil leitura e dividido em 5 partes.

Na parte 1, é dada uma visão geral de agilidade, o que são times ágeis, o que esperar deles e como montá-los. Como destaque dessa parte, estão as 3 verdades sobre o desenvolvimento de software:

1. É impossível obter todos os requisitos no início do projeto.
2. Qualquer requisito que você venha a obter tem a garantia de que vai mudar.
3. Sempre haverá mais a ser feito do que tempo e dinheiro permitirão.

Aceite essas verdades e livre-se de sofrimento durante o projeto! (Dá pra fazer um artigo para cada um desses itens!)

A parte 2 do livro foca em algo que o autor chama de “inception deck” (convés de partida, em uma tradução ao pé-da-letra). O “inception deck” é um conjunto de 10 perguntas/exercícios que devem ser feitos entre todos que possam contribuir para o projeto (clientes, stakeholders, desenvolvedores, etc.) de forma a esclarecer o sentido do projeto e ter uma visão do produto.

Entre alguns pontos, os envolvidos discutem sobre: o motivo de estarem no projeto, o que não faz parte do escopo do mesmo, uma ideia de qual o tamanho do projeto, seus riscos, etc.. São todas aquelas coisas que deveriam ser discutidas no início de cada projeto mas que são ignoradas ou tratadas com pouca atenção.

A parte 3 fala de planejamento – user stories, estimativas, gráficos burndown, iterações e velocidade do time – e a parte 4 fala da execução do projeto – eventos dentro de uma iteração, análise just-in-time, montar um ambiente de trabalho com taskboards e gráficos que proporcionem transparência e mantenham o time focado.

Na parte 5, o livro dá uma visão geral de boas práticas de engenharia de software: TDD, testes de unidade, refactoring e integração contínua.

Em resumo, “The Agile Samurai” é um ótimo livro para começar seus estudos sobre agilidade e para reforçar alguns conceitos. A parte 2 (inception deck) nos dá boas ideias para trazer todos à bordo do projeto, unidos com o mesmo objetivo: SOFTWARE FUNCIONANDO!

Vale lembrar que agilidade não é algo que se aprenda da noite pro dia. É uma questão cultural, uma quebra grande de paradigma. É preciso por em prática, muitas vezes superando barreiras difíceis, trabalhar duro e não desistir!

Fica a dica!

Até a próxima!

Anúncios

2 comentários em “Livro: The Agile Samurai

Participe! Vamos trocar uma ideia sobre desenvolvimento de software!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s