Como perder talentos com eficiência

Manual da Empresinha
Parte 1 – Perdendo seus melhores talentos

Tire-lhe a autonomia
Impeça que o talento tenha liberdade de executar suas ideias. Não delegue a ele nenhuma ação. Não o deixe responsável por nada. Estimule um ambiente onde “todos são responsáveis por tudo”, mas ele em si não tem carta branca para fazer nada. Pratique o “unempowering”. Qualquer iniciativa tomada exclusivamente por ele deve ser tratada como “quebra de normas da empresa”.

Só no “feijão com arroz”
Deixe o talento trabalhando em projetos/atividades muito simples e desinteressantes para o nível de capacidade dele, onde ele, no geral, não estará aprendendo nada de novo.

O trabalho infinito
Deixe-o trabalhando em algo que nunca tenha fim, que sequer dê uma noção de progresso. Em geral, isso acabará chegando ao próximo item.

Nada de propósito
Trabalhar em projetos sem direção alguma, sem saber do propósito do mesmo é extremamente positivo. Certifique-se também de deixar obscuro no que a atividade do talento colabora para o todo (empresa, clientes).

Nada de feedback
Não forneça nenhum tipo de feedback quanto à evolução do talento. Não lhe diga o que é esperado dele. Na melhor das hipóteses, forneça apenas o “fodeback”, preferencialmente por escrito, juntando nele todos os “defeitos” do talento e jamais forneça algum tipo de ajuda.

Deixe-o ilhado
Talento gosta de trabalhar com talento. Ignore a frase anterior e cerque-o de maus profissionais, gente acomodada, gente que caiu ali de paraquedas (“indicação”, contratação na base da “amizade”, péssimo processo de contratação).

Não dê ouvidos
Talento gosta de opinar. Isso é péssimo. E extremamente péssimo quando a opinião é contrária ao senso comum. Portanto, ignore, finja que ouviu. Afinal, isso não é sinal de que há algo de errado com a empresa e sim de que, certamente, há algo de errado com ele.

Reuniões, reuniões e reuniões
Promova um ambiente de infinitas reuniões para discutir todo e qualquer tipo de problema (quanto mais pessoas, melhor). Faça com que elas sejam longas, sem um objetivo claro e sem um resultado esperado.

Fomente (somente) o marketing
Esqueça boas práticas e melhoria contínua. Esqueça excelência. Estimule um ambiente onde o que importa unicamente é o “parecer ser” (“jogar para torcida”, “quem não é visto não é lembrado”).

Pratique a injustiça
Nada melhor do que reconhecer (homenagens, premiações e salário) profissionais medianos ou ruins em detrimento aos mais talentosos. Eficácia aumentada exponencialmente quando os primeiros são puxa-sacos.

(Atualização) Não deixe de investir pesado em treinamentos e consultorias externas duvidosas ao invés de aproveitar o conhecimento do talento “da casa”. Afinal, “santo de casa não faz milagre”.

Salário diferenciado só da gerência para cima
Pregue os lemas “profissional que age como dono”, “profissional que faz muito mais do que as atribuições do seu cargo”, mas não reflita essas atitudes no salário dele. Afinal, cargo é cargo.

Seguindo os itens desta cartilha, o processo de emigração dos seus melhores talentos é 100% garantido. (De tempos em tempos, esta cartilha será revisada para manter-se atualizada com o mercado.)

 

Anúncios

7 comentários em “Como perder talentos com eficiência

  1. Fala Robson,

    Eu penso que a maioria das empresas se quer sabem a importância de manter os talentos dentro da empresa, até por isso que temos essa alta rotatividade de profissionais na área de TI.
    Estamos em 2016 e as vagas são sempre as mesmas, fulano que tenha .NET, SQL Server, Entity Framework, Javascript, Jquery e Css.
    Parece que nossas empresas pararam no tempo, não sabem que existe nodejs, mongodb, angular 2, reacts, etc…
    Se você não tem avanços nas descrições das vagas, ou seja, nas contratações, logo não tem pq se importar em manter talentos, basta contratar quem faz bons CRUDS.

Participe! Vamos trocar uma ideia sobre desenvolvimento de software!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s